Abertura dos festejos do Polo Estação Criativa é marcada pela diversidade, arte e diversos ritmos musicais

PUBLICIDADE

Com um lindo entardecer, teve início na tarde desta quinta, 14, as festividades culturais do Polo Estação Criativa do Caruaru por Paixão 2022, marcada pelas oficinas de pífano e birimbal. Logo em seguida, contagiada pela alegria e diversidade multicultural, a antiga Estação Ferroviária estava tomada pelo sentimento do reencontro, após dois anos sem nenhuma festividade na cidade.

A abertura da noite desta quinta, ficou a cargo da cantora e compositora, Rogéria Dera, que animou o público com canções autorais e grandes sucessos de sua carreira. “Estar aqui é poder voltar no tempo e relembrar tudo que era vivido há dois anos atrás, e isso nos mostra que o recomeço está sendo feito, com todos os cuidados possíveis”, frisou a admiradora da cantora, Ana Paula Santos.

Além das atrações musicais, o Polo Estação Criativa contempla também de stands com artesanato local, oficinas culturais, espaço com foodtruck entre outros. “O sentimento desta noite é de muita esperança, é com os olhos cheios de emoção que comemoro esta retomada das festividades aqui na cidade, e ver este espaço bem movimentado, com uma excelente estrutura, nos mostra que é uma festa preparada para todos, desde a criança, até os mais velhos, assim como eu”, comentou Hélio Vasconcelos, de 87 anos.

Para encerrar a primeira noite de programação deste Polo, foi o ritmo do samba que tomou conta e agitou ainda mais o público, tudo isso embalado pela voz do também artista da terra, Colibri Brasil que apresentou grandes canções do clássico samba brasileiro. “Esta é uma volta marcante para nosso calendário de eventos tradicionais da cidade, é um momento de reencontro e de muito calor humano. O Caruaru por Paixão 2022 representa o nosso povo, cheio de diversidade, cultura popular, arte e muita música”, afirmou o Vice Presidente da Fundação de Cultura, Fulvio Wagner.

PUBLICIDADE